Investimentos Inteligentes – Gustavo Cerbasi – (audiobook)


Investimentos Inteligentes – Gustavo Cerbasi – O monge executivo!

O assunto abordado é extremamente útil, principalmente para o investidor iniciante que ainda não conhece as diferentes modalidades de aplicação. O Gustavo proporciona um material de conteúdo excelente, mas acima de tudo, informa com senso crítico, ao pequeno investidor, os diferentes tipos de investimento disponíveis.

Título: Investimentos Inteligentes

gustavo cerbasiAutor: Gustavo Cerbasi.

O livro começa com uma breve introdução que mostra onde estamos pisando. Fala um pouco sobre finanças através de uma escrita bem agradável e nessa parte procura contextualizar o leitor para o que o espera à frente. Quem nunca sonhou em atingir o primeiro milhão? Quem quer atingir a inteligência financeira de forma eficiente? Como atingir? O livro procura responder de forma concreta essas perguntas.

O Capítulo 1 mostra que investir é multiplicar e que devemos pensar além do investimento em imóveis que já foi uma modalidade bem vantajosa no passado, mas agora nem tanto, pois os tempos são outros. O ganho com Títulos Públicos também não é razoável, pois atualmente a Selic está em 9,75% e o rendimento real proporcionado por essa taxa é muito pouco. Estamos em uma era de solidificação da economia e precisamos procurar outros produtos para ganhar dinheiro.

O capítulo 2 apresenta os obstáculos ao investidor iniciante. Geralmente a falta de informação total sobre finanças, a dificuldade de compreender o mercado financeiro acaba afugentando o investidor iniciante e este procura abrigo na poupança. Esse capítulo procura desmitificar um pouco essa ideia e mostra como nosso comportamento altruísta pode nos ajudar financeiramente.

O capítulo 3 mostra o que nós não devemos fazer em hipótese nenhuma. Algumas atitudes são vistas diariamente como aquele amigo que paga uma taxa elevada de corretagem, o namorado da amiga que investe em fundo cuja taxa de administração é bastante alta, o cunhado que anda com a carteira inchada devido à diversidade de cartões de créditos, enfim, essa seção mostra as atitudes responsáveis pelo desperdício de dinheiro.

O capítulo 4 apresenta as qualidades de um bom investidor que geralmente são a disciplina e a diversificação. Através de exemplos práticos, podemos perceber como é importante ter uma inteligência tributária, pois em um país como o Brasil, nós devemos minimizar o pagamento de tributos através de meios legais e a educação financeira apresentada nesse livro contribui para maximizar a sua riqueza. Além disso, esse capítulo mostra diversas outras formas que ajudam as pessoas a tornarem-se inteligentes financeiramente.

O capítulo 5 é bem especial, pois discute alguns mitos como: sou um investidor bem informado. O Gustavo esclarece que para ganhar dinheiro é preciso se antecipar a algumas tendências, logo não podemos nos exaltar e ir às compras quando lemos no jornal uma notícia favorável sobre uma empresa. Esse raciocínio parece ilógico, mas na bolsa de valores temos uma máxima que diz “sobe no boato e cai no fato”, isso ocorre mesmo, pois os especuladores vendem suas ações quando determinado fato se concretiza, já que a sua previsão se tornou realidade, portanto é hora de sair do mercado. O investidor iniciante age de forma contrária.

O capítulo 6 aborda as estratégias em renda fixa e mostra que esse tipo de investimento não é tão conservador assim. A renda fixa de certa forma é variável, pois um aumento ou decréscimo da taxa Selic pode influenciar os preços dos títulos no mercado secundário. Outro fato importante refere-se ao prazo de aplicação, pois quanto maior o prazo menor será a incidência de imposto e existe uma tabela no capítulo que exemplifica isso. É uma seção bem esclarecedora para o investidor que tem um perfil conservador e quer saber detalhadamente a lógica dos seus rendimentos.

O capítulo 7 aborda o assunto que mais me agrada que é a estratégia inteligente com ações. Mostra o passo a passo de como começar, principalmente para o investidor iniciante, e para o intermediário apresenta alguns conceitos importantes, como saber diversificar a carteira. Um destaque importante é que devemos reduzir o custo ao máximo e fazemos isso através do contrato com corretoras baratas que satisfazem as nossas necessidades de ferramentas, além de pensar estrategicamente nos aportes para a taxa de corretagem não influenciar no resultado final, fora o controle que temos que ter com o imposto de renda. Para mim a questão do imposto e das tarifas de corretagem é uma questão crucial e conhecendo bem esses dois pontos a nossa chance de atingir uma boa rentabilidade aumenta bastante.

O capítulo 8 fala mais sobre os fundos de investimento que podem ser uma boa estratégia para quem não possui muito tempo de acompanhar o mercado ou até mesmo para o investidor iniciante se familiarizar mais com o mercado financeiro. O foco deve ser na taxa de administração cobrada, na existência de taxa de desempenho e na credibilidade do fundo. Sempre é bom lembrar que “rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura”, quem acompanha mais de perto sabe que a rentabilidade dos fundos varia bastante a cada ano e é comum vermos fundos obtendo excelentes rentabilidades e no ano seguinte resultados pífios.

O capítulo 9 aborda estratégias com plano de previdência privada. Minha opinião é que é um capítulo especial porque através desses planos podemos assegurar a segurança financeira na aposentadoria e investir de forma arrojada o dinheiro restante. Eu vejo o plano de previdência privada como um seguro que nos proporciona certa tranquilidade no momento de investir, pois funciona como um escudo às emoções que é um fato presente na vida de todo investidor e, quando exacerbada, pode comprometer o resultado financeiro.

O capítulo 10 cita as estratégias com imóveis que é um assunto que agrada a maioria das pessoas e é visto como uma grande oportunidade. Precisamos analisar bem esses investimentos, pois os riscos existem, e precisamos estar preparados para enfrentá-los caso decidamos investir nessa modalidade. Na geração passada o imóvel sempre foi um bom investimento, pois valorizava junto com a inflação e proporcionava uma sensação de segurança, mas no momento estão sendo discutidas questões cruciais para o sucesso ou insucesso desse ramo como uma possível bolha imobiliária no Brasil.

O capítulo 11 fala um pouco sobre os leilões, uma modalidade que está se tornando cada vez mais popular no Brasil, os famosos leilões judiciais. À medida que mais e mais pessoas se interessam pelo assunto, mais difícil fica adquirir um bom negócio. É uma seção interessante, pois essa questão é obscura para muitos.

No capítulo 12, o Gustavo o fecha de forma brilhante mostrando o equilíbrio entre investimentos e vida pessoal. Na minha concepção, o ato de investir não pode comprometer a relação com a família e é preciso dosar isso bem para essa atividade se tornar bem sustentável e prazerosa. Não existe nada melhor do que ver o dinheiro trabalhando para você, e quando essa situação vira realidade podemos ter certeza que estamos bem perto de nossa independência financeira e podemos vislumbrar a viagem de nossos sonhos junto com uma bela casa na praia!

Modestamente, a minha nota para o livro é alta e o indico fortemente para quem está começando a buscar sua independência financeira. Até o investidor intermediário deveria ler esse livro para fortalecer suas concepções. O Gustavo consegue proporcionar uma leitura agradável e dinâmica respondendo perguntas que lhe fizeram desde o início de sua carreira até a publicação desse livro.

Agora recoste-se e desfrute o seu audiobook, desejo-lhe uma boa “leitura”.

Isto é tudo para vocês, compartilhem com os outros pelos meios que quiserem!Email this to someone

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *